Terminou o Curso Superior e vai encarar o mercado de trabalho?

Mercado de Trabalho! Para uns, algo muito complexo e aterrorizador, para outros, sinal de oportunidades e desafios. Seja qual for a forma como você encara o mercado de trabalho, para estar inserido nele você precisa principalmente de formação, informação e disposição. FORMAÇÃO você já tem, acabou de concluir o ensino superior, INFORMAÇÃO você dispõe por todo lado, na própria faculdade, nos meios de comunicação, etc, mas DISPOSIÇÃO, isso apenas uma pessoa pode lhe dar: você mesmo. Entendo que disposição esteja totalmente ligada ao querer, ao objetivar-se em algo que você deseja muito. Então, se você está disposto, vamos em frente, o mercado de trabalho espera por você.

O cenário das empresas nos tempos atuais está dividido em duas características: de um lado as empresas que além da formação acadêmica, buscam profissionais que trazem na bagagem alguma experiência profissional. De outro, as empresas que buscam os novos talentos, os que demonstram ter capacidade de criar e inovar mesmo que nada tenham de “bagagem”, de experiências anteriores, estejam ainda almejando o primeiro emprego ou que a experiência obtida nada tenha a ver com a vaga ou colocação profissional a que se dispõe. E como concorrer com quem já tem experiência? Pergunta difícil de ser respondida essa. Se você está tendo dificuldade em se colocar no mercado de trabalho por não ter a experiência mínima que as empresas exigem, aí vai uma dica, na verdade duas dicas, ou duas opções, como queira: ou você aceita uma remuneração menor e um cargo que não seja o desejado, com o objetivo principal de adquirir a experiência necessária para posteriormente galgar a vaga ou colocação que vá lhe render a satisfação profissional e que melhor se adeque ao seu perfil ou procure sua colocação profissional em empresas que busquem os “talentos”, as pessoas criativas, aquelas que vão fazer a diferença pelo simples prazer de vencer o desafio de ser melhor, não melhor que os outros, mas melhor naquilo que se objetivou a fazer.

Parece fácil? Afirmo que não! Mas também não é nada tão distante que não se possa alcançar. O ponto principal é que você esteja focado e se prepare constantemente para as dificuldades que vai encontrar no mercado de trabalho. Formação, não apenas a acadêmica é a arma essencial para se destacar. Não podemos mais estar focados apenas na área em que formamos, é preciso estar antenados com todos os aspectos e segmentos do mercado de trabalho, buscando aprender sobre outras áreas, isso facilita a nossa adaptabilidade a qualquer segmento, mesmo que não seja diretamente o da nossa formação acadêmica. Para Leo Fraiman, consultor e palestrante, “Não é mais somente o nome da carreira que importa e sim o conjunto de competências fundamentais e diferenciais que uma pessoa adquiriu ao longo de sua formação”.

Outro ponto que você deve estar focado em desenvolver durante suas experiências profissionais é a tão chamada “Empregabilidade” que consiste na capacidade do profissional em estar empregado, preparado e protegido dos riscos inerentes às voláteis mudanças do mercado de trabalho. Para alcançar essa meta o profissional deve associar de forma plena, FORMAÇÃO, INFORMAÇÃO e DISPOSIÇÃO para se manter em constante atualização profissional, desenvolvendo habilidades em várias áreas do conhecimento.

Franklin A. Bastos é Contador, Empresário, sócio da Terceira Via Formaturas

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *