Terminei o curso superior e agora?

Franklin10.jpg

Por Franklin A. Bastos, contador e empresário

Montar uma empresa ou tentar o mercado de trabalho?
E agora? Essa pergunta nos acompanha em todos os momentos, seja no âmbito pessoal, seja no profissional e mesmo que apenas em primeiro momento escolhamos como propósito apenas um destes âmbitos é natural que o outro siga acompanhando e influenciando as nossas escolhas. Toda escolha profissional vem acompanhada mesmo que de longe, de um desejo de realização pessoal e em contrapartida toda escolha pessoal nos leva ao encontro de uma escolha ou conseqüência profissional.

Pois bem, você acaba de concluir o curso superior e é hora de decidir: enfrenta o mercado de trabalho ou monta o próprio negócio? Esta escolha parece fácil, mas você se engana se pensar assim. Em qualquer das escolhas é necessária uma preparação, uma análise das vantagens e desvantagens que pode-se obter nos dois caminhos.

Para encarar o mercado de trabalho, caso você já não esteja inserido – e bem inserido – nele, é preciso estar preparado para os desafios que o mesmo nos propõe. No mundo globalizado as informações têm que ser processadas e absorvidas numa velocidade incrível, se ela passa sem percebermos, ficamos para trás e para acompanhá-las haja fôlego, haja vontade de crescimento e atualização, às vezes parece até que cansamos mais em processar tanta informação do que em duas horas de malhação na academia, não é verdade? Portanto, se quer estar bem empregado, esteja bem informado e bem preparado. Estude, faça cursos de capacitação ou pós-graduação na área desejada e boa sorte. Aliás boa sorte é a única coisa que você pode esperar cair do céu, o restante é com você mesmo. Prepare-se para a disputa.

Mas se você decidir em montar o próprio negócio não espere tarefa tão diferente. Seguir no caminho do próprio empreendimento requer muita persistência e preparo também, e informação é o que você mais vai precisar tanto para montar como para manter o próprio negócio. Estudar o mercado, a concorrência, o melhor local para instalação e o comportamento da economia são alguns dos pontos a serem observados. E se você optar por trilhar esta opção, além de pesquisar muito, pode contar também com o apoio de órgãos de apoio à pequenas e micro empresas como é o caso do SEBRAE que oferece orientações, suporte e treinamentos para quem quer montar ou melhorar o gerenciamento do seu empreendimento.

Seja qual for a sua escolha, pesquise e esteja preparado tanto para as dificuldades quanto para o sucesso. Saber lidar com essas vertentes é primordial para manter a continuidade do seu sonho, seja ele de ser um empregador ou de estar alocado em uma boa posição como empregado.
Nas próximas edições faremos uma análise mais profunda e específica destas duas opções, trazendo para você as vantagens, desvantagens, características e dicas de como obter sucesso na sua escolha. Uma coisa é certa: a “opção” está nas suas mãos. Pense bem e decida; seu futuro está atrelado às suas escolhas.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *