SECRETÁRIO DE SAÚDE DE ITABUNA DIZ QUE VAI TRABALHAR MUITO EM 14 MESES

O prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, empossou nesta sexta-feira, 6, os médicos Paulo Bicalho, na Secretaria Municipal de Saúde, e Silvane Chaves, na presidência da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), mantenedora do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. O novo secretário afirmou que já está reordenando a equipe para fazer muito pela saúde e que novos investimentos estão garantidos para o Hospital de Base.

Prefeito  Claudevane Leite empossou  Paulo Bicalho na Secretaria Municipal de Saúde e Silvane Chaves na FASI - Foto Pedro Augusto
Prefeito  Claudevane Leite empossou  Paulo Bicalho na Secretaria Municipal de Saúde e Silvane Chaves na FASI

Durante o evento, Vane afirmou que Paulo Bicalho é um grande presente não só para a sua administração, mas também para Itabuna e demais municípios do sul da Bahia, porque promoveu uma revolução no Hospital de Base, mesmo contando recursos financeiros limitados. O prefeito de Itabuna destacou que, mesmo com a redução das receitas, por causa da crise financeira pela qual atravessa o país, conseguiu aumentar de 15% para 19,6% os investimentos na saúde.

O prefeito também elogiou o trabalho realizado pelo ex-secretário Eric Ettinger, que acompanhou de perto a reforma de unidades de saúde, deu início a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA-24 Horas), no bairro Fonseca, do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas III (CAPS-AD 24 Horas) e do Centro Especializado de Reabilitação (CER), no São Caetano, entre tantos outros investimentos. "Tivemos grandes avanços, mas podemos melhorar ainda mais. Acredito no trabalho de Bicalho para concretizamos outros investimentos", disse Vane.

 

MUITO TRABALHO

Já secretário Paulo Bicalho garantiu que 14 meses será tempo suficiente para tirar do papel ações para melhorar ainda mais os serviços gratuitos à população na atenção básica, média e alta complexidade. "As principais medidas serão adotadas logo nos próximos 30 dias, principalmente para ordenamento da rede básica, com mais autônima para administradores das unidades. Acreditamos que o atendimento se tornará ainda mais eficiente", ressaltou Bicalho.

O secretário de Saúde disse que, nesse primeiro momento, está verificando o que cada unidade tem e necessita para a prestação adequada de serviços para a população. "Os recursos são poucos, mas vamos adotar uma série de medidas para que possamos avançar ainda mais. Vamos criar uma equipe móvel composta por pedreiro, encanador, eletricista e pintor para garantir a realização de pequenas intervenções nas unidades de saúde", anunciou.

Paralelamente às ações para assegurar atendimento ainda melhor na atenção básica, Bicalho afirmou que vai lutar junto à Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) e Ministério da Saúde para que os serviços de média e alta complexidade tenham uma atenção especial. "Precisamos de mais recursos para o atendimento em toda nossa rede hospitalar de Itabuna. Vamos trabalhar para resolutividade dos problemas em toda a rede", destacou.

Paulo Bicalho informou que o desafio é começar 2016 com mais tranquilidade para que a população já possa sentir os efeitos das medidas que serão adotadas nos próximos dias. O secretário de Saúde tranquilizou a população quanto ao andamento do programa de reformas de unidades básicas realizado pelo município, o que possibilitou condições dignas de trabalho aos funcionários e melhor atendimento a população. Até agora a Prefeitura já reformou ou ampliou 21 unidades no maior programa de requalificação realizado nos últimos anos.

HOSPITAL DE BASE

O novo presidente da FASI, Silvane Chaves, disse que vai manter o trabalho excelente que Paulo Bicalho vinha desenvolvendo e que mudou a face, a prestação de serviços e o conceito da sociedade sobre o Hospital de Base. "Os avanços conseguidos nesses quase três anos serão mantidos e podemos melhorar ainda mais a nossa estrutura", afiançou.

Silvane Chaves destacou que encontrará condição de trabalho muito melhor do que encontrou Bicalho. Além disso, a execução dos projetos será menos complicada, porque atuará em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. "A nossa meta agora é implantar novos serviços e fazer mais investimentos na estrutura física, pois já temos verbas garantidas para reforma, ampliação, aquisição de equipamentos e mobiliários", disse.

Serão verbas conseguidas através de emendas de deputados e da senadora Lídice da Mata ao Orçamento Geral da União. "Também planejamos implantar o serviço de ressonância magnética para atender, principalmente, a população de Itabuna. Esses investimentos serão possíveis porque o secretário Paulo Bicalho deixou tudo organizado. Ele fez muito para oferecer serviços gratuitos de qualidade, mas podemos fazer ainda mais e estamos determinados a isso", concluiu Silvane Chaves.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *