SECRETÁRIO REAFIRMA: AUMENTO DE PASSAGEM DE ÔNIBUS URBANO AINDA NÃO É POSSÍVEL

clodovil1-500x333.jpg

Em reunião, na manhã desta terça-feira, com os empresários do transporte coletivo urbano de Itabuna e com representantes dos rodoviários, o secretário municipal de Transporte e Trânsito, Clodovil Soares, voltou a afirmar que a Prefeitura não vai autorizar aumento no preço das passagens porque ainda não ocorreu a melhoria do serviço prestado à população. Participaram da reunião, além do secretário, no Sest/Senat, os diretores da Rio Cachoeira e da São Miguel, e a direção do Sindicato dos Rodoviários de Itabuna (Sindirod).

Clodovil disse que espera das empresas do transporte público um serviço de qualidade, com um melhor atendimento à população, incluindo a redução do tempo de viagem e o cumprimento dos horários dos coletivos, além da renovação da frota. Aos motoristas e cobradores, o secretário também pediu cautela, que levem em conta o sentimento da população, antes que decidam por uma eventual paralisação do serviço.

Segundo Clodovil, o momento não é para greve e muito menos para aumento das tarifas, “mas sim, para uma prestação de serviço de qualidade que atenda satisfatoriamente bem à população que já vem sendo penalizada no seu dia a dia no que se refere ao transporte público, que é o que a população deseja”. O secretário de Transporte e Trânsito acredita que a população aceitará um aumento justo desde que perceba as melhorias que vêm sendo solicitadas pela comunidade e exigidas pela administração municipal.

Os rodoviários pedem um aumento salarial de 16% e ticket alimentação. Já os empresários do transporte público alegam que não têm condição de conceder o aumento sem reajustar o preço das passagens. A reivindicação das empresas é de uma nova tarifa de R$ 2,50. Como não houve acordo no encontro de hoje, ficou agendada para a próxima segunda-feira, uma nova reunião para negociação. O secretário de Transporte diz que espera seja a ultima “e que todos optem pelo consenso”.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *