SC: Palestra ensinou gestantes a lidar com a ansiedade

Os moradores da região do bairro São Caetano foram os primeiros beneficiados com investimentos que estão sendo feitos na rede de atenção básica em Itabuna. Já está em pleno funcionamento a Unidade Básica de Saúde (UBS) José Édites dos Santos que passou por uma ampla reforma e conta com uma equipe formada por médicos, enfermeiros e nutricionista, além de pessoal de apoio.

Mais de 50 mulheres carentes de Itabuna, já cadastradas no programa de atenção à gestantes da Secretaria de Assistência Social (SAS) participaram na última terça-feira (12) da primeira de uma série de palestras que será promovida mensalmente pela coordenação do programa. O tema abordado pela psicóloga Maria Cristina Nunes dos Santos Silva foi “Ansiedade na gravidez” para deixar as futuras mamães mais tranqüilas, promover a educação e a saúde e conscientizá-las da importância do acompanhamento médico e psicológico.

A especialista disse que durante a gravidez a ansiedade é comum às mulheres. Uma das formas de aliviar os sintomas é a participação das gestantes em atividades como palestras e oficinas profissionalizantes. Na sede do programa tais atividades são colocadas à disposição das mamães com a mobilização de profissionais multidisciplinares pela Secretaria da Assistência Social

A diretora do Departamento de Proteção Social Básica – Modulo I, a assistente social Lúcia Beltrão, explicou que a função do programa é justamente assistir e orientar as gestantes do pré-natal até um ano após o parto. A partir do momento do cadastramento, as mulheres têm acesso fácil ao atendimento médico, às consultas de rotina e exames durante o período de gestação. No oitavo mês de gravidez recebem um kit enxoval para o bebê doado pela prefeitura.

O secretário de Assistência Social, José Carlos Trindade, destacou a importância do programa ao afirmar que o acompanhamento permanente das gestantes visa o combate à mortalidade materno-infantil e promover uma boa e saudável qualidade de vida para futuras mamães e os bebês.

As mulheres grávidas carentes de qualquer parte da cidade podem se cadastrar no programa beneficiando-se de todas ações oferecidas pelo programa. A equipe conta com uma assistente social, uma psicóloga e uma coordenadora. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 14 horas. A sede fica na Avenida das Nações Unidas, centro.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *