Salvador não terá aumento na passagem de ônibus

onibus ssaO vice-governador e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar garantiu que está descartada qualquer aumento de tarifas dos ônibus metropolitanos em consequência do acordo salarial firmado entre patrões e empregados. “Não haverá aumento de tarifa de ônibus metropolitano, que é de responsabilidade da Agerba”, disse Otto, adiantando que também não vê necessidade de aumento nas tarifas dos ônibus urbanos por parte da Prefeitura de Salvador, em “função da sensibilidade da presidenta Dilma, que desonerou em 3,65% o PIS/COFINS”, com impacto positivo no custo com mão de obra no setor. Disse ainda o secretário que, como a composição da planilha de custos das empresas com a mão de obra gira em torno de 30%, a desoneração concedida pelo governo federal representa um impacto significativo, em torno de 9% na folha de pagamento, beneficiando as empresas. “Diante disso, por recomendação do governador Jaques Wagner, está afastada qualquer possibilidade de aumento na tarifa do transporte coletivo de passageiros”, finalizou o secretário.  

Em assembleia na tarde desta segunda-feira, os rodoviários decidiram aceitar a proposta feita pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e pelo Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5), que diminui o reajuste pretendido pela categoria de 15% para 9%. Com a decisão, o sindicato suspendeu a greve que estava marcada para esta terça-feira (18). Os rodoviários terão reajuste salarial de 9% retroativo a 1º de maio, data-base da categoria. O ticket alimentação terá aumento no mesmo percentual e passa a ser concedido aos funcionários também no mês de férias. (Vos da Bahia)
Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *