Prefeitura realizou retirada de baronesas do Rio Cachoeira

Por medida de segurança, a Secretaria do Desenvolvimento Urbano – Sedur interditou o tráfego de veículos sobre a ponte Miguel Calmon (Marabá), que liga o centro da cidade ao bairro Góes Calmon, devido à pressão de aguapés e baronesas que se acumulam no leito do Rio Cachoeira há oito meses. No local, escavadeiras hidráulicas da prefeitura ajudam o material orgânico a descer em direção ao mar e evitar que faça mais pressão nas estruturas da ponte.

No bairro de Ferradas, a cheia do Cachoeira obrigou a Sedur a também interditar a ponte de acesso à Vila de Itamaracá. As águas cobrem toda a estrutura da ponte, impedido o tráfego de veículos e de pessoas nos dois sentidos. O vilarejo está ilhado e as secretarias da Assistência Social e da Administração estudam maneiras de atender às pessoas ali residentes com a doação de água e alimentos.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *