Policiais poderão receber até R$ 9 mil por redução de mortes violentas

Até R$ 9 mil no bolso para quem ajudar a reduzir o número de mortes violentas na área em que atua. Esse é o valor máximo possível do Prêmio por Desempenho Policial 2013 (PDP), lançado ontem pela Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP). Segundo o secretário Maurício Barbosa, serão premiados os policiais das Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp) que atingirem a meta de redução de 6% de crimes contra a vida (ver mapa).

A previsão é que o PDP seja pago em abril do ano que vem, após o comparativo dos índices deste ano com os de 2012. Entre os critérios utilizados para o pagamento da gratificação está a participação do servidor na redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs): homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. Segundo o secretário, o benefício contemplará os servidores ativos lotados na SSP, polícias Militar e Civil e no Departamento de Polícia Técnica (DPT). O PDP pode chegar a R$ 4 mil, para delegados, oficiais da PM, peritos e analistas técnicos, e a R$ 2,8 mil, para investigadores, escrivães, praças e peritos técnicos, além de técnicos e auxiliares administrativos.

Mas, o valor da premiação pode mais que dobrar caso a meta de todo o estado seja superada. Se a taxa de CVLI for de 16,15 morte por cada 100 mil habitantes, o servidor terá um acréscimo em cima do valor do PDP. Nesse caso, a Aisp na primeira colocação terá um adicional de 125% sobre os R$ 4 mil, chegando a um total de R$ 9 mil. Voz da Bahia

 

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *