MUNICÍPIO E PRONATEC QUALIFICAM MÃO-DE-OBRA PARA O MERCADO DE TRABALHO

Aula PRONATEC Foto Gabriel de Oliveira.jpg

A Prefeitura de Itabuna tem feito parcerias para qualificar a mão-de-obra e garantir o suprimento de profissionais capacitados para o mercado local. Só neste primeiro semestre do ano foram disponibilizadas 300 vagas divididas em duas etapas para diversos cursos profissionalizantes gratuitos como resultado da parceria entre o município e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) do Governo Federal por intermédio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

Nessa primeira etapa estão sendo ministrados os cursos de auxiliar administrativo, gestão de resíduos sólidos e inglês e espanhol básico e intermediário para alunos a partir de 18 anos. As aulas estão sendo realizadas na Ação Fraternal de Itabuna (AFI) nos turnos da tarde e noite, por professores selecionados por meio de edital realizado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA).

Os cursos com duração média de 180 a 200 horas/aulas estão sendo coordenados pela Prefeitura por meio das secretarias de Agricultura e Meio Ambientes (Seagrima) e Assistência Social. O titular da pasta Lanns de Almeida Filho informa que na próxima segunda-feira (dia 2) será iniciada a segunda etapa para os cursos de cobrador de ônibus, garçom, costureiro industrial do vestuário, auxiliar de cozinha, assistente de produção e cuidador de idosos.

O secretário disse que os cursos profissionalizantes que estão sendo ministrados em Itabuna atendem em parte as carências do mercado local, mas ainda são insuficientes para suprir as necessidades de outros setores, a exemplo da rede de hotelaria e pousadas que necessitam de camareiras capacitadas no município e não encontram.

Nesse sentido, a coordenadora do Pronatec pela Prefeitura, Cássia Bahia, informou que a Prefeitura está mantendo contatos com empresários dos diversos ramos da economia local, para discutir quais são os outros tipos de carência de mão-de-obra. A partir desse diagnóstico o município vai buscar mais parcerias com o MDS para vinda de outros cursos profissionalizantes gratuitos do Pronatec.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *