Historiadores e memorialistas recebem homenagem em Itabuna

O Arquivo Público Municipal José Dantas de Andrade, da Secretaria de Administração de Itabuna, vai homenagear com um Diploma, os historiadores e memorialistas que retrataram em seu trabalho a história do Município desde sua fundação até os dias atuais. Segundo a diretora da unidade, Geciana Rosa Santos, a partir da próxima segunda-feira, 19, quando se comemora o Dia do Historiador, familiares destes personagens começam a receber o Diploma em casa.

Nesta quarta-feira, a diretoria do Arquivo Público Municipal fez a entrega do primeiro diploma ao ex-vereador por cinco legislaturas João França Santana, 80 anos. Casado, pai de dois filhos, avô de três netos, advogado, professor, ex-presidente da Liga Itabunense de Futebol, aposentado como consultor jurídico da Câmara e ex-presidente da casa, João França Santana lançou, recentemente, um livro de memórias em homenagem à esposa, já falecida.

O diploma “Amigo do Arquivo Público Municipal” trás a assinatura do prefeito Claudevane Leite, da secretária da Administração, Mariana Alcântara e da diretora Geciana Rosa Santos, além da justificativa do título. O documento é um reconhecimento aos homenageados por seus relevantes serviços prestados na preservação da rica história grapiúna.

A diretora destaca a importância do Arquivo Público Municipal José Dantas de Andrade para o município por ser responsável por recolher, preservar e dar acesso a documentos da administração pública, bem como preservar documentos e fotografias que interessam ao público, por seu valor cultural, histórico e artístico. “É nossa obrigação tratar e preservar a memória de nosso município e colocá-la à disposição da comunidade para pesquisa ou apenas por curiosidade”.

Geciana Rosa Santos ressalta que “a história é viva e pode ser comprovada por meio do acervo de documentos, livros e fotos históricas preservados na sede do Arquivo Público José Dantas de Andrade, no andar térreo do Espaço Cultural Josué Brandão, no bairro Conceição. Mês passado, a unidade fez uma exposição, aberta ao público em homenagem ao aniversário de Itabuna, que completou 103 anos de emancipação político administrativo no dia 28 de julho.

A exposição mostrou documentos e fotos antigas dos desbravadores, primeiros intendentes, prefeitos e outros nomes que fizeram a história de Itabuna e também principais fatos que marcaram a vida do povo grapiuna, a exemplo das duas principais enchentes de 1914 e 1967, as duas maiores. Também foi lançada a 2ª edição do livro “Indexação das Leis e Atos Oficiais do Município de Itabuna – 1932 a 2013”, de autoria do técnico em arquivologia Silvio Carvalho.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *