Educadores sociais do Programa Viv-à-Arte estão sendo qualificados

educadores sociais itabuna.jpg

A Fundação Marimbeta começou a qualificar os educadores sociais do programa Viv-à-Arte, na manhã desta terça-feira na Usemi. O curso, realizado em parceria com os projetos Jovem Bom de Vida e Mobeca, da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), terá duração de duas semanas terminando no próximo dia 13. Os 100 educadores foram divididos em duas turmas e após oito módulos de formação receberão certificados emitidos pela UESC.

O programa Viv-à-Arte tem o objetivo manter os estudantes com uma ocupação durante todo o dia, afastando-os da criminalidade, principalmente do tráfico, consumo de drogas e das ruas. As atividades culturais e esportivas serão realizadas de segunda a sexta-feira, durante todo o ano, no turno oposto ao das aulas. Na área de cultura serão promovidas oficinas de artesanato, dança, música e teatro.

Na primeira semana de formação a equipe da Fundação Marimbeta orientará os educadores sociais, contratados após seleção pública, sobre o conteúdo do programa Viv-à-Arte e também sobre a forma de cadastramento dos estudantes que serão atendidos e as metas a serem alcançadas. Na próxima etapa as equipes da UESC vão abordar temas como: Estatuto da Criança e do Adolescente, protagonismo, elaboração de projetos e precedentes da educação popular.

Além da Fundação Marimbeta, o programa municipal será coordenado pelas secretarias de Esportes e Recreação e da Educação e Fundação Itabunense e Cultura e Cidadania (FICC).

Como parte da programação dos 26 anos da Fundação Marimbeta começa nessa quarta (04), na Praça Olintho Leone, uma exposição de produtos artesanais confeccionados pelos alunos das oficinas da instituição. A exposição segue até sexta-feira, dia 6.

Na semana passada mais de 800 crianças participaram do Campeonato Esportivo Inter-Sítios – 2013, na Vila Olímpica de Itabuna, organizado pela Fundação. Foram realizadas competições de futsal, baleado, bandeirinha, cabo-de-guerra, corrida de revezamento e pula corda. Todos os alunos participantes foram premiados com medalha de Honra ao Mérito.

“Todos os atletas são campeões. Nosso maior objetivo é formar novos laços e integrar todas essas unidades” afirmou o presidente da Fundação Marimbeta, José Teles Júnior. Ele comentou que, durante os jogos, foi possível ver o brilho nos olhos das crianças, que estavam felizes por participar do evento, que também serviu ao congraçamento entre estudantes, professores, técnicos e diretores.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *