COMEÇA CADASTRAMENTO DE DOADORES DE MEDULA ÓSSEA EM ITABUNA

Muitas pessoas doaram sangue Foto Wilson Oliveira.jpg

“Primeiro você faz o cadastro depois você salva vidas” esse é o lema da campanha do Cadastro Nacional de Doador de Medula Óssea iniciado na manhã desta sexta-feira, no ambulatório do GACC, no Hospital Manoel Novaes. O cadastramento é uma parceria entre a Prefeitura de Itabuna, Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), Santa Casa de Misericórdia de Itabuna e Grupo de Apoio a Criança com Câncer (GACC).

Esperança e solidariedade foram as palavras de ordem no primeiro dia do cadastramento que se estende até domingo, 18, e mobiliza pessoas entre 18 e 54 anos, que devem preencher um formulário e ceder 5 ml de sangue para análise de compatibilidade. Os 5 ml de sangue representam a esperança de uma nova vida para mais de mil pacientes que aguardam o transplante de medula óssea e enquanto isso não acontece precisam utilizar medicamentos, quimioterapia, imunoterapia, radioterapia ou mesmo associação de diferentes tratamentos.

A coordenação espera que cerca de duas mil pessoas se cadastrem em Itabuna e ampliem o número de doadores na Bahia, considerado baixo ante a população. Foi o que explicou a assistente social do Hemoba, Lislane Freitas, que fez uma palestra para os candidatos a doadores. “Essa regionalização do cadastro é importante, pois ajuda a fomentar a doação. É realmente muito difícil encontrar doadores. A chance de um doador ter compatibilidade com um paciente é de um a cada 100 mil”, disse.

A assistente social e a médica Regiane Quinto explicaram as pessoas que se cadastraram sobre o exame de compatibilidade, formas de doação e a recuperação do doador. Se houver compatibilidade, o doador é convidado a confirmar a doação e fazer novos exames para avaliar sua situação de saúde. A estudante Aline Oliveira, moradora do bairro de Fátima, se cadastrou e disse estar ansiosa para ser doadora. “É uma grande oportunidade para ajudar alguém e salvar uma vida. Quero muito doar”, afirmou.

Por sua vez, o estudante e já doador de sangue, Gustavo dos Santos que mora no Castália, declarou a felicidade em realizar algo maravilhoso, que pode salvar a vida de alguém. “Já sou doador de sangue e quando soube da campanha logo me interessei em doar a medula óssea”, explicou. Aline e Gustavo são candidatos a ajudar pessoas como a fisioterapeuta Lorena Leite de 29 anos, que há mais de um ano aguarda um doador compatível. “Dependemos de que um grande número de pessoas se cadastre para ampliar as chances de encontrar doadores compatíveis. Esse cadastro mais próximo aumenta muito a nossa esperança”, relatou a paciente.

O QUE É MEDULA ÓSSEA?

A medula óssea é o tecido encontrado no interior dos ossos, também conhecido popularmente por “tutano”, que tem a função de produzir as células sanguíneas: glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e plaquetas. A célula que origina as células sanguíneas é chamada de célula progenitora ou célula-mãe. Estas células existem em pequeno número no sangue e em maior quantidade na medula óssea. As células- mãe se auto-renovam ou se diferenciam e passam por diversos estágios de maturação, antes de passarem para o sangue.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *