Centro de Controle Zoonoses faz balanço positivo das ações em 2013

centro zoonoses itabuna.jpg

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Secretaria de Saúde de Itabuna realizou neste ano 688 castrações entre cães e gatos (machos e fêmeas) pertencentes a pessoas que não tinham condições financeiras de pagar esse tipo de cirurgia. A esterilização de animais domésticos se constitui numa das ações para o controle populacional de animais que vivem soltos nas ruas, a maioria abandonada pelos donos, segundo diretor Waldemar d’ Afonseca.

Para o veterinário Samir Hage, a castração é fundamental e considerada a única forma realmente eficaz e ao mesmo tempo humanitária de controle populacional de animais domésticos sem dono. “A esterilização evita que eles se reproduzam e vivam no abandono ou maltratados como muitos que encontramos na cidade”.

Outra importante ação da unidade realizada foi a apreensão de 44 animais de grande porte, a exemplo de eqüinos e bovinos encontrados nas ruas e avenidas centrais e de bairros periféricos. Animais soltos colocam em risco a vida de pedestres e de motoristas.

O diretor do CCZ, Waldemar d’ Afonseca, comemora os números obtidos até agora nas ações da unidade, ao ressaltar também a realização de eventos como a Feira de Adoção que permitiu só neste ano, a doação de 315 animais, sendo 243 cães e 72 gatos. “As feiras têm surtido um efeito muito positivo junto à comunidade, além do que as famílias adotam animais saudáveis, vacinados e de diferentes portes que fazem a alegria da casa”, afirma o diretor.

Waldemar destaca ainda que de março a novembro deste ano o Centro de Controle Zoonoses una enviou ao Laboratório Central (Lacen), em Salvador, nove amostras para o controle da raiva animal, além da realizar 59 exames para verificação da leishmaniose.

Na campanha de vacinação anti-rábica um total de 21.625 animais, entre cães e gatos, foram imunizados tanto na zona urbana como na rural, ultrapassando a meta do Ministério da Saúde que estipula uma média de 85% de imunização animal contra a raiva canina.

O diretor lembra que o Centro de Controle de Zoonoses mantém, gratuitamente, regular vacina de rotina contra raiva diariamente das 8 as 16h30mn numa sala do Centro de Saúde José Maria de Magalhães (antigo F-Sesp), no centro da cidade, e todas as quintas-férias no CCZ das 8 às 17 horas.

Para Waldemar todas as ações realizadas no CCZ de Itabuna ao longo de 2013 foram bem sucedidas em função de uma equipe sensível à causa animal, liderada pelo médico veterinário Samir Hage. Ele conta que, apesar do número reduzido de profissionais, eles são dedicados e dão conta do serviço, como prevenção, controle e tratamento de doenças dos animais.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *