Banco de Leite Humano da Santa Casa de Itabuna precisa de doações

O Banco de Leite Humano da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna está passando por um momento crítico no que diz respeito ao estoque de leite e materiais para armazenamento. Com a passagem neste mês de maio do Dia Nacional de Doação de Leite Humano, comemorado no último dia 19, a enfermeira coordenadora da unidade, Neiva Barreto, ressalta que o BLH da Santa Casa de Itabuna não tem muito que comemorar.

“Estamos precisando de leite humano e também de frascos de vidro com tampa plástica para armazenar o leite. Nosso estoque está baixíssimo e o número de doadoras também está muito reduzido”, frisa. E completa: “Recebemos uma doação de frascos de vidro da Escola Casa Amarela de Ilhéus, localizada no Pontal, mas o número ainda é insuficiente. Os alunos estão de parabéns, pois arrecadaram os frascos através de uma gincana, mas precisamos que outras pessoas e entidades também tenham a mesma consciência”.

O Banco de Leite Humano da Santa Casa de Itabuna funciona no Hospital Manoel Novaes (HMN) e apresenta-se como unidade específica para coleta, processamento e distribuição de leite humano. Já o HMN mantém desde 1995 o título de “Hospital Amigo da Criança”, concedido pela Unicef, por promover ações de incentivo ao Aleitamento Materno.

“Sempre é bom lembrar que o leite materno tem a condição e a capacidade de nutrir as crianças nos primeiros seis meses de vida com exclusividade, ajudando também a reduzir a mortalidade infantil. As pessoas precisam entender a importância da doação”, finalizou a enfermeira Neiva Barreto, ressaltando que o Banco de Leite Humano da Santa Casa de Itabuna necessita de cerca de 150 litros de leite no mês, mas que não consegue receber em doações nem a metade deste número.

ASCOM SCMI

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *