Ações da SICTUR transformam setor informal em Itabuna

sictur itabuna.jpg

O ano de 2013 foi considerado bastante positivo e com muitas realizações no setor da economia informal em Itabuna, a começar pela aproximação maior com o poder público municipal o que facilitou a formalização. O resultado foi o fortalecimento e desenvolvimento econômico e social e a ampliação dos benefícios para pequenos e micros empreendedores. “Este foi o ano em que o município, em parceria com outros órgãos públicos e privados, apostou e direcionou ações de fomento à geração de emprego com resultados surpreendentes”, garante o secretário da Indústria, Comercio e Turismo – SICTUR, José Humberto Martins, ao fazer um balanço das principais atividades executadas.

Entre as realizações está a Sala do Empreendedor, uma das primeiras a ser implantadas no interior, funciona na própria SICTUR e é responsável pelo cadastramento de cerca de cinco mil pequenos empreendedores. Palestras e oficinas que ensinam a comprar, vender e fazer bons negócios estão incluídas no pacote de benefícios que o município, junto com o SEBRAE, colocou à disposição desse segmento econômico.

Nos dias 9 e 10 deste mês, por exemplo, a SICTUR promoveu um encontro para discutir temas importantes e ensinar ao micro e pequeno empreendedor a tirar proveito dos instrumentos básicos para o desenvolvimento econômico e social. Compras governamentais, desburocratização, microemprendedor individual e agente de desenvolvimento foram debatidos pela consultora territorial do SEBRAE, Neide Fernandes, que repassou informações sobre a sensibilização do empresariado local para a importância de uma estratégia continua para a melhoria dos pequenos negócios.

O secretário Humberto Martins também cita o Censo Empresarial, que promoveu o levantamento, perfil e diagnóstico de todos os segmentos econômicos da cidade – indústria, comércio e prestação de serviço. O censo, segundo ele, permite executar ações direcionadas para atender às necessidades individuais, a partir de políticas públicas para atender à sociedade, de forma conjunta na solução de problemas comuns.

Outra importante iniciativa da administração municipal foi o anúncio da construção do shopping para vendedores autônomos e a retirada deles da avenida do Cinqüentenários e áreas próximas. O projeto de construção já está em fase de licitação e prevê que terá três pavimentos, três conjuntos sanitários, acessibilidade a cadeirantes, sala do empreendedor e auditório com capacidade para 100 pessoas. Quando estiver concluído, vai garantir um local digno e seguro para os camelôs.

O secretário informa que já está sendo preparada a escritura para a doação de terreno para 11 empresas de logística e indústria algumas de Itabuna e outros de fora do estado que cresceram e por isso desejam se expandir suas atividades. José Humberto prevê a geração de mais de mil empregos diretos e outros tantos indiretos com os investimentos, em torno de R$ 20 milhões, que estão sendo atraídos para o município.

Melhor distribuição de renda

“O desenvolvimento social e econômico de um município é alcançado quando promovemos o fortalecimento da economia, seja com a geração de emprego, com a melhor distribuição de renda, o aumento da arrecadação e investimento no bem-estar social, uma realidade que o prefeito Claudevane Leite tem garantido, por meio da busca de parcerias importantes em todas as esferas do estado e da união”.

O secretário lembra que esses resultados positivos têm sido alcançados por causa de um conjunto de medidas lançadas em Itabuna, como, por exemplo, a inclusão de mais trabalhadores e empreendedores na cadeia produtiva no município. “O governo municipal acredita e por isto investe nos segmentos dos pequenos negócios porque 97% das empresas no país são oriundas do micro e pequeno empreendedores e o responsável por 53% das empresas formais, e não é diferente em Itabuna”, reforçou José Humberto.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *