A terceira idade encontra diversão no São Caetano

Cada bairro tem características únicas diferentes de outros bairros. Formas de lazer na faltam no São Caetano. Sorveterias, praça, lanchonetes e restaurantes são apenas algumas das opções de lazer oferecidas no local. Apesar das muitas opções, quem mais parece aproveitar a diversão oferecida pelo local onde moram são as pessoas da terceira idade.

É grande a movimentação na Praça do São Caetano. Pedestres apressados, comerciantes, pessoas que esperam ônibus e muitos idosos jogando cartas ou dominó. Álvaro de Jesus é aposentado e tem 84 anos. Ele conta que, todos os dias, está na Praça jogando cartas, sempre em dupla, com outros amigos do bairro.

O aposentado mora há 40 anos no São Caetano e diz que freqüentar a praça para conversar e jogar é uma boa forma de lazer. Para melhorar a diversão, Álvaro afirma que alguns cuidados poderiam ser adotados; a reforma da Praça seria um deles. Ele deseja um ambiente “mais arrumado” e diz que mesas com cadeiras para jogar cartas também seria uma ótima opção para melhorar este local.

Não é só morador do São Caetano que se sente atraído pela diversão no bairro. O aposentado Raimundo Cruz de 82 anos mora no bairro São Pedro, mas explica que está quase todos os dias jogando cartas na Praça do São Caetano. Ele é um dos parceiros de baralho do Álvaro de Jesus.

Raimundo conta que no São Pedro não é costume ver pessoas jogando nas ruas, por isso gosta de ir ao São Caetano jogar e ver amigos. “A pessoa que fica em casa faz o quê?”, questiona. Ele afirma que vale a pena se deslocar pela diversão.

Jovens

A diversão da população jovem do bairro é diferente. Muitos passam apressados e afirmam que durante o dia há pouco tempo para diversão, uma vez que muitos estudam ou trabalham Mas estes jovens costumam sair à noite, freqüentando os restaurantes e lanchonetes do local. Uma das opções são as lan houses. Alane Santos declara que Lan House é o local que ela prefere para diversão.

O comerciante Miraldo Bonfim é dono de um bar, há um ano, no bairro. Ele diz que boa parte de seus clientes é formada por jovens e adultos. Ele explica que muitos vão ao local para conversar e assistirem televisão juntos. Ele afirma que o movimento no bairro é bom e consequentemente em seu comércio. “Não tenho que reclamar”, declara.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *